Economize combustível

#2 Quer Economizar Combustível? Então Siga Essas Dicas!

Por 23 de outubro de 2017 Sem comentários

Confira a segunda parte das dicas e economize ainda mais ao volante!

Agora que você já sabe como se comportar no trânsito e começar a poupar seu combustível, fique ligado para economizar ainda mais! O jeito que você cuida do seu carro e a manutenção do seu veículo também impactam diretamente no consumo de gasolina. Fique atento que o Diogo, seu mecânico virtual, tem as dicas certas para você:

1

Peso: Seu carro é seu armário? 🚛
2

Velas: Os itens que mais influenciam no consumo! 📈
3

Filtros e o seu papel decisivo no consumo. 💰
4

Vidros abertos ou ar condicionado? ❄
5

Automóvel alinhado economiza combustível? 🚘
6

Combustíveis: Quais as diferenças? ⛽
Peso: Seu carro é seu armário? 🚛

Tudo o que você carrega no seu carro é realmente essencial?

Se você é daqueles que costuma carregar o armário dentro do porta-malas, chegou a hora de mudar. Comece tirando tudo que é desnecessário, brinquedos, roupas, porta-bicicletas,  caixa de ferramentas.  E assim, deixe seu automóvel e o seu bolso mais leves. Quanto maior o peso do carro, mais o motorista precisa acelerar para colocá-lo em movimento.  Dessa forma, o veículo terá que fazer mais força e aumentará o gasto de combustível.

[FIQUE ATENTO] ⚠

De acordo com o Escritório de Eficiência Energética e Energias Renováveis dos Estados Unidos (EERE), um peso extra de cerca de 40 quilos pode aumentar o consumo em até 2%. Todos o carros têm um peso máximo indicado no manual do proprietário. O excesso de peso além de fazer você gastar mais gasolina, pode te acarretar em multa. O valor da infração atualmente é de R$ 86,13.

Em relação à tolerância de peso, ressalta-se a Lei n. 13.103/15:
“Fica permitida, na pesagem de veículos de transporte de carga e de passageiros, a tolerância máxima de: I – 5% sobre os limites de peso bruto total; e II – 10% sobre os limites de peso bruto transmitido por eixo de veículos à superfície das vias públicas”.

[DICA DO DIOGO] 👨🏻‍🔧💬

A calibragem dos pneus correta também é importante. Em caso de lotação de pessoas e carga no porta-malas, a calibragem muda. Tanto os dianteiros quanto os traseiros têm especificações diferentes para rodar carregados. O ajuste errado vai abreviar a vida útil dos pneus e ainda provocará aumento no consumo de combustível.

Velas: Os itens que mais influenciam no consumo! 📈

Você sabia que o funcionamento dessa peça tem influência direta na sua economia de gasolina?

[O QUE SÃO?]

As velas de ignição são os componentes encarregados pela queima do combustível, quando este está dentro das câmaras de combustão. Sua faísca dá início a explosão que impulsiona os pistões, movimentando o motor continuamente.

Apesar de pequenina e simples, trata-se de um item extremamente importante para o carro. O desempenho da vela vai definir o bom funcionamento do motor,  controlar a emissão de poluentes e reduzir o consumo de combustível.

[COMO A VELA INFLUENCIA NO CONSUMO]

Nada adianta ficar procurando posto com combustível mais barato e economizar nas aceleradas se itens simples da manutenção do carro são esquecidos.

A vela de ignição é responsável por garantir que o combustível seja queimado de forma correta, sem desperdício. Por isso, o bom funcionamento da peça tem influencia direta no consumo de gasolina ou etanol. Se as velas estão ruins, a queima de combustível fica irregular e, além do gasto excessivo de gasolina, as velas desgastadas podem causar falhas no motor, dificuldades na partida e até um aumento de emissões de poluentes. Dessa maneira as velas nem precisam estar falhando para comprometer o rendimento do carro e aumentar o consumo, devem ser trocadas rigorosamente nos prazos recomendados pela montadora. Quando uma danifica, é preciso substituir o jogo.

[VIDA ÚTIL]

A vida útil da vela depende de diversos fatores como o sistema de ignição e o tipo de combustível utilizado pelo veículo. As montadoras recomendam a inspeção pelo mecânico entre de 10 mil e 15 mil km. A troca varia de acordo com o veículo e o ocorre geralmente entre 20 mil e 40 mil km.

[DICAS DO DIOGO] 👨🏻‍🔧💬

Ao adicionar seus abastecimentos no aplicativo o seu consumo de combustível passa a ser controlado automaticamente, basta acessar a seção INSIGHTS para acompanhá-lo.

Você já controla o consumo do seu combustível pelo INSIGHTS e o consumo está alto? Podem ser a velas! Pelo aplicativo da Otimicar você consegue agendar um diagnóstico com uma oficina parceira!

Filtros e o seu papel decisivo no consumo. 💰

Os filtros de ar e combustível interferem diretamente no consumo de combustível do carro quando estão vencidos. Por que? Vamos te ajudar!

Os filtros são essenciais para o funcionamento do carro e permitem reter as impurezas que possam chegar de forma externa ao motor e assim prolongar a vida útil do nosso carro. Existem quatro tipos de filtros principais no veículo:

Filtros de ar

Filtros de óleo

Filtros de cabine/ ar condicionado

Filtros de combustível

Eles são descartáveis, fáceis e rápidos de substituir, além de acessíveis, mas também muito importantes. Dos quatro tipos, os filtros de ar e combustível interferem diretamente no consumo de combustível do carro quando estão vencidos, fazendo você ir mais rápido ao posto abastecer.  Por que? Vamos te ajudar a entender:

[FILTRO DE AR]

💬 Se um simples filtro de ar entupido pode aumentar o consumo em 10%, imagine o quanto é possível poupar num veículo com a manutenção em dia?

Com a função de conter as partículas suspensas e impurezas do ar aspirado pelo motor, esse filtro trabalha diretamente para a eficiência e proteção do motor. Livres de impurezas, o filtro de ar é um dos filtros e, até mesmo, uma das peças mais importantes de um carro.

Sua inspeção é essencial, já que à medida em que as partículas impuras se acumulam na sua superfície, maior o risco de  contaminação na câmara de combustão e danos às peças do motor.  

Quando o período de troca é ultrapassado sem a substituição é muito comum ocorrer um aumento inesperado de consumo de combustível e perda de potência nas retomadas de velocidade, já que o excesso de partículas exige que o propulsor funcione com mais intensidade para conseguir aspirar o ar necessário à mistura.

A boa notícia é que estamos falando de um item extremamente simples, fácil de ser substituído e que não pesa muito no bolso. A cada troca de óleo  vale pedir para dar uma limpada no filtro com ar comprimido.

[FILTRO DE COMBUSTÍVEL]

O filtro de combustível é o responsável por separar as impurezas do álcool, gasolina ou diesel antes que o combustível penetre na câmara de combustão para a queima. Posicionado entre o tanque e a bomba de combustível na maioria das vezes, ele separa as partículas que eventualmente sejam incorporadas no combustível durante seu armazenamento e transporte, como poeira e resíduos.

Com o tempo, a malha do filtro de combustível começa a se desgastar e, com o acúmulo de sujeira, a passagem de combustível se dificulta e a filtragem de partículas prejudiciais diminui em eficiência.

Se a troca do filtro não acontecer,  as impurezas acabam comprometendo não só a bomba de combustível mas todo o sistema de injeção, reduzindo a eficiência do veículo, causando aumento da poluição e do risco de comprometimento de peças essenciais para o  funcionamento do motor.

Mecânicos apontam como sinais comuns de problemas as falhas na aceleração quando o veículo circula em marcha lenta ou em arrancadas. Então fique atento aos prazos de substituição previstos no manual e não se esqueça: O preço da manutenção preventiva é sempre muito inferior aos gastos com conserto de peças vitais.

O prazo recomendado pelas montadoras para troca de filtros de combustível é, em média, a cada 15 mil quilômetros rodados.

[DICAS DO DIOGO]  👨🏻‍🔧💬

Quando o veículo começa a apresentar falhas na aceleração e circula em marcha lenta ou em arrancadas é um sinal muito comum que os filtros precisam de uma revisão! Então fique atento aos prazos de substituição previstos no manual do seu carro e não se esqueça: O preço da manutenção preventiva é sempre muito inferior aos gastos com conserto de peças vitais.

Além disso, você mesmo consegue verificar o estado do filtro de ar, já que alguns manuais trazem instruções detalhadas do procedimento. Então, não deixe de consultar o seu!

A maioria dos manuais prevê a quilometragem de substituição entre 10 mil e 20 mil quilômetros rodados.  Contudo, é preciso considerar o trajeto habitual do veículo, reduzindo essa marca caso o percurso seja essencialmente em ambiente rural ou região de minério.

Você já detectou algum desses sintomas no seu carro? Agende uma revisão.

Vidros abertos ou ar condicionado? ❄

Você também acredita que viajar de vidros abertos economiza combustível? Entenda porque isso é um mito!  

Imagine a seguinte situação: Você viajando com toda a sua família para a praia em pleno verão! O que você faz? Deixa o ar-condicionado ligado ou abre os vidros para economizar combustível? Se você respondeu deixar os vidros abertos saiba que provavelmente está gastando mais combustível.

[ENTENDA]

Se um carro estiver a uma velocidade baixa, 50 km/h por exemplo,  a força que o vento fará sobre o carro também será baixa. Porém, quando os vidros do seu carro estão abertos em uma velocidade alta, aproximadamente 80km/h, a força do vento retarda o veículo, devido à maior resistência aerodinâmica e fazendo-o consumir mais para compensar essa força adicional.

Seguindo essa lógica, se você está em uma velocidade baixa, é recomendado andar com as janelas abertas e curtir a brisa. Contudo, se você está em uma velocidade maior que 80 km/h, ligar o ar-condicionado pode gerar um menor consumo de combustível.  Mas não se engane, o aparelho de ar-condicionado do carro também utiliza o combustível como forma de energia, então é melhor maneirar no uso se quiser realmente economizar na gasolina.

[DICAS DO DIOGO] 👨🏻‍🔧💬

1-  Para quem quer poupar ao máximo, é melhor rodar com os vidros fechados e apenas com a ventilação forçada ligada. Caso o dia esteja quente, ou esteja chovendo, pode-se ligar o ar-condicionado apenas quando o motor já estiver aquecido.

2- É recomendado ligar o ar condicionado do carro pelo menos uma vez por semana para circular o gás e o óleo. Faça isso por 10 minutos para garantir a lubrificação do sistema e evitar ressecamento das peças.

3 – Desligue o ar condicionado um pouco antes de chegar em casa, além de economizar, ainda ajuda a secar os dutos de ventilação e evita o mau cheiro por proliferação de bactérias.

Se o seu ar condicionado está com um  barulho que incomoda, não esfria corretamente e apresenta um  mau cheiro, agende um [DIAGNÓSTICO DE AR CONDICIONADO]  no App!

Automóvel alinhado economiza combustível? 🚘

O alinhamento das rodas, ou geometria, é fundamental para o bom funcionamento dos veículos.  O alinhamento permite a coordenação das rodas, o que facilita o controle da direção, potencializando a estabilidade do automóvel.  Acredite: um carro desalinhado consome mais combustível, desgasta mais os pneus, e torna o veículo extremamente instável e inseguro para se dirigir.

Um mau alinhamento da direção faz com que as rodas não se dirijam no mesmo sentido, desgastando assimetricamente o pneu, permitindo assim a perda de aderência ao piso da estrada.

 Além de ter menos estabilidade e provocar desgaste nas peças, carros desalinhados exigem maior esforço do motor e, consequentemente, mais combustível é puxado do tanque. Isso pode contribuir com um aumento de até 10% no consumo de combustível do carro, porque o motor acaba fazendo um esforço maior para mover o veículo nas mais variadas situações.  Assim, as rodas desalinhadas, tornam-se um dos problemas que mais contribui para o aumento dos custos de manutenção do automóvel.

[DICAS DO DIOGO] 👨🏻‍🔧💬

Se você começar a notar desgaste irregular e exagerado dos seus pneus, há boas chances das rodas estarem desalinhadas ou desbalanceadas. Fique atento!

O remédio para solucionar esse problema é levar o carro até uma oficina bem aparelhada e recomendada que faça bem feito tanto o alinhamento quanto o balanceamento.  O alinhamento deve ser feito em todas as revisões ou, no máximo, a cada 10 mil quilômetros.

Combustíveis: Quais as diferenças? ⛽

 

Há quem pense que os combustíveis são todos iguais, mas esse é um engano que pode custar caro.

 

Você sabia que na hora de abastecer o carro, a escolha do combustível pode fazer toda diferença no seu desempenho, na durabilidade do motor e na cautela com o meio ambiente? Embora os combustíveis pareçam todos iguais, eles possuem diferenças.

Então, qual escolher na hora de abastecer?

Gasolina Aditivada

Gasolina aditivada é a gasolina comum misturada a aditivos detergentes, dispersantes e lubrificantes que ajudam na limpeza, evitando que o motor acumule carbonização, mas não aumentam a potência do motor.

A aditivada contribui, em uso prolongado, para manter o motor mais limpo. Assim, ele pode recuperar o desempenho original que foi perdido à medida em que a sujeira se acumulava nos componentes.

Gasolina Comum

Gasolina é o combustível mundial para carros de passeio. A gasolina comum é o combustível bruto que sai das refinarias acrescido dos 25% de etanol anidro. Ele não contém nenhum tipo de aditivo e é basicamente igual em todas as marcas. Ela é formada de diversos hidrocarbonetos, que evaporam em diferentes temperaturas.

Gasolina Premium

A gasolina premium é recomendada para carros importados, principalmente os esportivos, pois são feitos para rodarem com mais octanagem por terem uma taxa de compressão mais alta. Um alto índice de octanagem pode favorecer o desempenho e a conservação do motor, além da economia de combustível.

Nos carros flex, ela não renderia nenhum ganho de potência, pois eles trabalham com números mais baixos de taxa, e acaba não compensando por serem muito mais caras.

Gasolina Podium

É uma gasolina de alta performance e pode ser utilizado em qualquer veículo a gasolina ou flex. O uso dessa gasolina melhora a performance do seu carro, tem um menor tempo de retomadas de velocidade com ultrapassagens mais seguras, além de proteger mais o motor, deixando-o na potência projetada pelo fabricante e ter um menor impacto ambiental devido a baixa emissão de poluentes, como o enxofre.

Etanol

Popularmente conhecido como álcool, por ser derivado da cana de açúcar, é mais ecológico por capturar mais dióxido de carbono na plantação, mas sua queima no motor também polui, assim como a gasolina. De uma maneira geral, ele rende mais potência, mas precisa de mais litros para se equivaler a gasolina, ou seja, ele corre mais e consome mais.

O etanol tem uma queima mais limpa, porém tem uma lubricidade menor que a gasolina, então há uma tendência em forçar mais a bomba de combustível.

[DICAS DO DIOGO] 👨🏻‍🔧💬

Como saber quando o álcool  vale mais a pena que a gasolina? O cálculo é simples. Confira o preço da gasolina e multiplique por 0,70, esse será o preço máximo em que abastecer com o álcool compensa. Então, anote aí a conta:

 PREÇO DA GASOLINA X 0,70 = PREÇO MÁXIMO DO ÁLCOOL  

Por exemplo, suponha que a gasolina está R$ 4,20 x 0,7 = R$ 2,94

Caso o valor do litro do álcool esteja superior a R$ 2,94 não compensa utilizar esse combustível.

[ATENÇÃO!]

Andar com pouco combustível causa problemas ao veículo, como a probabilidade de quebrar a bomba de gasolina, conserto que não sai nada barato. A bomba quebra quando há pouco combustível para cobrí-la, aquecendo mais. Além disso, pouco combustível no tanque acumula mais resíduos sólidos. Isso faz com que, aos poucos, os filtros contidos comecem a encher, até o ponto em que não funcionem apropriadamente, forçando a bomba, que acaba estragando.

Além disso, a pane seca é considerada uma infração média pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e, além do valor a ser pago, você ainda leva 4 pontos na carteira e tem o veículo removido. Então, melhor tomar cuidado e conferir sempre o nível do combustível do seu carro!